Base Comunitária de Segurança

As Bases Comunitárias de Segurança (BCS) são pontos de gerenciamento da operacionalidade policial com o objetivo de conferir segurança às comunidades, focando na prevenção.
No seu entorno são realizadas diversas ações direcionadas à comunidade. A filosofia de atuação é o Policiamento Comunitário (de Proximidade).

Importante equipamento de policiamento comunitário com o objetivo de promover a convivência pacífica em localidades identificadas como críticas, melhorando a integração das instituições de segurança pública com a comunidade local e reduzindo os índices de violência e criminalidade.

A Base Comunitária de Segurança é compostas de:
•     Recepção
•     Comando da Base/Sala de Reunião
•     Central de Telecomunicações
•     Centro de Cidadania

basessalvador

 

basesbahia

 

Na Bahia, já foram instaladas 14 conforme as descrições abaixo:

1ª) Base Comunitária de Segurança do Calabar

Inaugurada em 27/04/11
Com efetivo de 110 PMs, que se revezam em três turnos, promove o policiamento ostensivo na região. A base conta também com videomonitoramento feito por nove câmeras e três viaturas. Além de dar mais segurança aos moradores, a unidade oferece cursos de capacitação, pré-vestibular e alfabetização para jovens e adultos. Também por meio da base, são realizadas ações de saúde e mutirões para serviços como emissão de documentos e cadastramento no programa Bolsa Família. No local ainda funciona o Centro Digital de Cidadania (CDC), que possui dez computadores conectados à internet banda larga, utilizados por qualquer morador do bairro.

 

2ª, 3ª e 4ª) Bases Comunitárias de Segurança do Complexo de Amaralina: Nordeste de Amaralina, Santa Cruz e Chapada do Rio Vermelho

Inauguradas em 27/09/11
As bases comunitárias de segurança implantadas nos bairros do Nordeste de Amaralina, Santa Cruz e Vale das Pedrinhas contam com 360 policiais – 120 em cada uma delas –, 16 viaturas e 25 câmeras de monitoramento. Tudo isso possibilitou a redução de 50% no número de ocorrências no Complexo do Nordeste de Amaralina.Com as bases, os moradores também foram beneficiados com atividades de inclusão social, entre elas: na área de educação, o curso pré-vestibular do programa Universidade para Todos; para garantir segurança alimentar, o projeto Ajeum realiza ações para povos e comunidades tradicionais; o CSU Nordeste de Amaralina tem um Centro Digital de Cidadania (CDC) que promove cursos de iniciação à informática; já o projeto Esporte e Lazer dá acesso a escolinhas de futebol, futsal, vôlei, basquete, ginástica e natação.

 

5ª) Base Comunitária de Segurança de Fazenda Coutos

Inaugurada em 16/01/12
A base instalada no bairro Fazenda Coutos, subúrbio ferroviário de Salvador, beneficia 32 mil moradores da região, dividida em três grandes áreas – Fazenda Coutos I, Fazenda Coutos II e Fazenda Coutos III. O trabalho dos 120 policiais militares resultou na diminuição de cerca de 70% das ocorrências, proporcionando tranquilidade à população.A base também possui um centro digital de cidadania e promove cursos profissionalizantes e preparatórios para o vestibular, além de atividades culturais e sociais.

 

6ª) Base Comunitária de Segurança de Itinga (Lauro de Freitas)

Inaugurada em 15/08/12
Sexta base comunitária de segurança implantada na Bahia, com o objetivo de reduzir os índices de violência contra a pessoa e contra o patrimônio, dentro das ações do programa Pacto pela Vida, a unidade conta com 120 homens, quatro viaturas, oito motos e dez câmeras de vigilância, que vão atender também às comunidades no entorno de Itinga. Além do reforço na segurança, a base promoverá à comunidade diversas ações sociais, como cursos de informática, de qualificação profissional e de pré-vestibular.

 

7ª) Base Comunitária de Segurança do Bairro da Paz

Inaugurada em 13/09/12
Os 65 mil moradores do Bairro da Paz, em Salvador, ganharam reforço nas políticas públicas voltadas para o desenvolvimento socioeconômico, com a chegada da sétima Base Comunitária de Segurança do estado, equipamento fundamental para a execução do programa Pacto pela Vida.

A base foi implantada em uma estrutura móvel, até que as instalações definitivas estejam prontas, em aproximadamente quatro meses.

 


8ª) Base Comunitária de Segurança de Monte Cristo – Itabuna

Inaugurada em 21/09/12
Em continuidade à política de segurança pública da Bahia, o governo estadual implantou em Itabuna a oitava base comunitária no estado e a primeira fora da Região Metropolitana de Salvador (RMS), dentro das ações do programa Pacto pela Vida. Antes da instalação da base de segurança, a polícia realizou diversas operações nas localidades, combatendo o tráfico de drogas no local.Inicialmente, o município recebe uma base provisória, mas vai funcionar como a definitiva, com um efetivo de 80 policiais, radiopatrulhamento com quatro viaturas, oito motos e vídeo monitoramento com 10 câmeras.

 

9ª) Base Comunitária de Segurança de Rio Sena

Inaugurada em 24/09/12
Mais 16 mil baianos vivem com maior segurança e contam com ações de inclusão socioeconômica, a partir da instalação da nona base comunitária de segurança do estado, a segunda do Subúrbio Ferroviário de Salvador, no bairro de Rio Sena. E para facilitar a integração entre população e poder público, a população tem um aliado – o comandante do equipamento, tenente Vicente Augusto, que durante 28 anos morou próximo ao local onde a unidade foi instalada.

Até a construção da definitiva, a base de Rio Sena, totalmente equipada, tem estrutura provisória, instalada em módulos habitáveis. Está localizada na Rua Maria Cecília e conta com 120 policiais militares, operando com quatro automóveis, oito motocicletas e dez câmeras de videomonitoramento.

 

10ª) Base Comunitária de Segurança de BCS George Américo – Feira de Santana

Inaugurada em 27/09/12
Com uma população de 650 mil habitantes, Feira de Santana foi a cidade escolhida para a implantação da décima Base Comunitária de Segurança da Bahia, inaugurada no conjunto George Américo, local com maior índice de homicídio e tráfico de drogas no município. A base integra o programa estadual Pacto pela Vida.

Inicialmente, o município recebe uma base provisória, instalada em módulos habitáveis, mas totalmente equipada para a função. Com 70 metros quadrados, a base é climatizada e vai funcionar como a definitiva, com um efetivo de 80 policiais, radiopatrulhamento com quatro viaturas e oito motos, além de videomonitoramento com dez câmeras.

 

11ª) Base Comunitária de Segurança de Nova Cidade – Vitória da Conquista

Inaugurada em 28/11/12
Integrando as ações do programa Pacto pela Vida, a 11ª base comunitária de segurança
da Bahia foi inaugurada em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. As ações de
policiamento com as bases comunitárias conseguem reduzir em até 50% a violência na
área onde estão instaladas.

Localizada no bairro Nova Cidade, a base conquistense funciona no sistema de módulo
habitável, até a construção da definitiva. Com 70 metros quadrados, é totalmente
equipada para a função, climatizada e funciona como a definitiva, com um efetivo de 80
policiais, radiopatrulhamento, com quatro viaturas e oito motos, e videomonitoramento,
com dez câmeras.

Durante a inauguração, foram entregues 27 novas viaturas para reforçar as ações das
polícias Civil, Técnica e Militar em 17 municípios: Manoel Vitorino, Belo Campo,
Mortugaba, Condeúba, Vitória da Conquista, Brumado, Ibirataia, Aiquara, Jaguaquara,
Encruzilhada, Planalto, Presidente Jânio Quadros, Caturama, Barra da Estiva, Malhada
de Pedras, Rio do Antonio e Tanhaçu. As viaturas favorecem toda a região, e também
servem para dar apoio à base comunitária.

 

12ª)Base Comunitária de Segurança de Baianão/Frei Calixto – Porto Seguro

Inaugurada em 28/01/13
O município de Porto Seguro, no sul do estado, recebeu a 12ª base comunitária de segurança da Bahia, implantada no bairro Baianão. Oitenta policiais atuam na unidade, que possui 12 viaturas, sendo quatro automóveis e oito motocicletas. Câmeras de segurança estão monitorando pontos estratégicos do bairro.

A base conta ainda com um Centro Digital de Cidadania, onde a população pode fazer cursos de informática e se conectar gratuitamente à internet.

Para ampliar a segurança, também foi criado um Centro Integrado de Comunicação (Cicom), que reúne os sistemas e servidores das polícias Civil, Militar e Técnica e do Corpo de Bombeiros em Porto Seguro.A unidade conta também com 17 atendentes de uma central telefônica, câmeras fixas  e computadores. O contato com as unidades policiais nos municípios de Eunápolis, Itabela, Guaratinga, Santa Cruz Cabrália, Belmonte, Itapebi e Itagimirim é feito por meio de 93 rádios e a central pode ser acessada pela população pelo número 190.

 

13ª)Base Comunitária de Segurança de São Caetano

Inaugurada em 14/08/13
A segurança pública está reforçada para cerca de 300 mil moradores de 14 bairros de Salvador, com a inauguração, pelo governador Jaques Wagner, da 13ª base comunitária de segurança (BCS) do estado, em São Caetano, nesta quarta-feira (14). Instalada na praça da Rua Reitor Miguel Calmon, junto a quadras de esportes e com um Centro Digital de Cidadania (CDC) em anexo, a nova base está implantada na área considerada mais crítica da região, dispondo da infraestrutura para a realização do policiamento comunitário.

Estrutura
A nova base conta com 60 policiais militares, além de viaturas e câmeras de videomonitoramento, reforçando o trabalho realizado pela 9ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e pela 4ª Delegacia Territorial.

14ª)Base Comunitária de Segurança do Uruguai

Inaugurada em 23/07/14

 

15ª)Base Comunitária de Águas Claras

Inaugurada em 11/09/14